Pascal Wehrlein de regresso ao DTM

Pascal Wehrlein
Pascal Wehrlein

Sem espaço na Fórmula 1, Pascal Wehrlein regressa a uma categoria que conhece bem: o campeonato alemão de carros de turismo (DTM).

Foi, aliás, a conquista do título DTM em 2015, que abriu caminho para uma vaga na F1 na temporada seguinte com a Manor, rumando depois para a Sauber nas duas temporadas seguintes.

Para 2018, a equipa optou por Charles Leclerc, campeão de Fórmula 2, e Wehrlein ficou sem espaço na grelha. O piloto de 23 anos cativou a atenção de Toto Wolff, mas uma futura ida para a Mercedes F1 ainda está longe de acontecer. O destino, para já, é o DTM, naquela que é a última temporada da marca alemã no campeonato antes de rumar à Fórmula E.

"Pascal manteve contato connosco enquanto competia na F1", garantiu Ulrich Fritz, diretor da Mercedes-AMG Motorsport no DTM. “Muitas coisas mudaram, como os carros, os pneus e o regulamento, mas temos a certeza de que ele irá integrar-se muito rapidamente graças à sua experiência e o seu à sua vontade”, explicou.

Já, Wehrlein mostrou-se entusiasmado por regressar ao campeonato.

"Segui as notícias do DTM com atenção enquanto estava na F1. Muita coisa mudou desde a minha última corrida, mas adoro desafios e mal posso esperar para conduzir o novo carro ", explica Pascal Wehrlein.

Além de Wehrlein, a Mercedes confirmou mais quatro pilotos para a temporada 2018 do DTM: Paul di Resta, Gary Paffett, Lucas Auer e Edoardo Mortara.

Comentários

Veja mais