GP das Américas: Bagnaia vence e Oliveira conquista pódio

  • Redação Autoportal
Fracnesco Bagnaia- GP do Qatar (Lusa)
Fracnesco Bagnaia- GP do Qatar (Lusa)

Partindo da 12.ª posição da grelha de partida para o GP das Américas de Moto2 deste domingo, já se sabia que Miguel Oliveira teria pela frente uma corrida em recuperação. E foi o que aconteceu. O piloto português chegou cansado no final – como confessou –, mas chegou em terceiro conseguindo o segundo pódio seguido da época na terceira prova do calendário.

A corrida no Circuito das Américas foi ganha por Francesco Bagnaia, que venceu a segunda corrida da temporada e passou para a frente do Mundial de Moto2. O italiano foi mais forte do que Álex Márquez, que terminou em Austin no segundo lugar.

E foram aqueles dois os grandes pontos de atenção da prova do Texas: a vitória do italiano e a recuperação do português.

Márquez partiu bem para segurar a pole-position numa primeira volta logo com acidentes partiu bem, mas também Bagnaia que se chegou logo à frente partidno do quarto lugar e Miguel Oliveira, que evitou contactos indesejados e passou da 12.ª para a nona posição.

O Falcão português foi ganhando posições fruto de uma corrida sempre ao ataque, a que a maioria dos adversários diretos não conseguiu resistir, como Xavi Vierge, o piloto a quem Oliveira conquistou o terceiro lugar que não mais deixaria, e que acabou na gravilha – em relação à queda mais grave do dia, Marcel Schrotter chegou a ir fazer exames ao centro médico, mas o suíço não sofreu problemas de maior...

Com Mir a tentar chegar-se ao seu terceiro lugar, mas sem conseguir, também o português ainda tentou chegar-se a Márquez. Mas o espanhol acabou por defender o segundo lugar na última volta não deixando que o Oliveira conseguisse mais do que os 7 décimos com que entraram para os últimos 5,5 km e guardando o posto como consolação da superioridade de Bagnaia.

Foi a quatro volts do fim que o italiano, sempre na peugada do espanhol e depois de algumas tentativas de «treino», desferiu o ataque decisivo e ganhando pouco depois uma diferença de 1 segundo descolando e deixando ver que não teria mais obstáculos ao segundo triunfo da época – com mais de 2 segundos de vantagem – e à liderança do campeonato.

Classificação do GP das Américas de Moto2:

Classificação do Mundial de Moto2:

1. Francesco Bagnaia, 55 pontos

2. Mattia Pasini, 47

3. Marc Márquez, 47

4. Miguel Oliveira, 43

5. Lorenzo Baldassarri, 39 ...

O filme da corrida.

Comentários

Veja mais