Miguel Oliveira e o teste de MotoGP: «Uma experiência única e… não será a última»

  • Luís Neves
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira

Miguel Oliveira não esconde a ansiedade e entusiamo por finalmente pilotar uma moto de MotoGP, algo que, de resto, vai acontecer esta sexta-feira em Aragão numa sessão de testes da KTM.

A oportunidade surge como recompensa pela primeira metade de temporada quase perfeita. “Foi uma surpresa. Informaram-me nos últimos dias que vou testar MotoGP, na sexta-feira, em Aragão, um pouco como prémio pela temporada que estou a fazer. Vai ser uma experiência única e… não será a última”, afirmou o piloto de Almada em declarações ao Record.

“O objetivo do teste é dar-me a provar o sabor do MotoGP e estou ansioso por isso”, sublinhou o atual terceiro classificado no Mundial de Moto2.

“Vou estar com a equipa de testes, mas a equipa principal também estará lá. Vai ser um dia mais de relaxar, não vai ser intensivo como costumam ser os testes. Vamos ver como corre”, acrescentou.

Sobre a primeira parte da temporada de 2017, onde garantiu quatro pódios, o piloto da Red Bull KTM Ajo considera que superou as melhores expetativas.

“Foi melhor do que esperava, do que os diretores da equipa esperavam, do que toda a gente previa. E isso é positivo. Agora o mais difícil será manter ou melhorar”, concluiu.

Comentários

Veja mais