Miguel Oliveira: “Não podemos repetir a qualificação do GP da Catalunha”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira (Lusa)
Miguel Oliveira (Lusa)

Miguel Oliveira terminou o primeiro dia de Treinos Livres para o GP da Holanda de Moto2 com o 12.º tempo combinado das duas sessões desta sexta-feira.

Em declarações ao site da sua equipa, o piloto da KTM Ajo explica como ainda há caminho por desbravar voltando a colocar enfase na Qualificação.

“Não conseguimos encontrar o caminho ideal para seguir nos treinos. Trabalhámos diferentes pneus ao longo do dia: de manhã utilizámos o composto duro, enquanto à tarde utilizámos a opção mais macia. Nos TL2 tentámos estimular uma situação de qualificação, mas ainda temos de melhorar mais nesse aspeto.”

 

“De qualquer forma, terminar em décimo e a quatro décimos do topo não é mau, embora gostássemos de estar mais acima. Estamos a chegar a meio da época e é importante perceber que direção tomar para continuar a melhorar e a perceber a moto.”

No meio do caminho ainda por desbravar, Miguel Oliveira assume, porém, já uma coisa: um 17.º lugar na grelha de partida, como aconteceu na última prova, não pode acontecer.

  • “Esperamos que com o trabalho feito hoje possamos melhorar e partir de um lugar mais alto na grelha no domingo, pois o meu objetivo é obter a melhor qualificação possível amanhã [sábado]. Não podemos repetir o resultado da qualificação do GP da Catalunha.”

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais