Marc Márquez lida bem com pressão

| MotoGP
Marc Márquez - São Marino
Marc Márquez - São Marino

O líder do campeonato MotoGP sente-se preparado para encarar uma fase complicada. O quarto título está à porta para Marc Márquez (Honda) que, até ao momento, está bem à frente da concorrência: vantagem de 16 pontos para Andrea Dovizioso (Ducati) e de 28 para Maverick Viñales (Yamaha). 

A quatro GP's do final da edição 2017 da prova rainha do motociclismo, o espanhol não se agarra à calculadora, mas sim às ambições de chegar ao tão desejado 'tetra'.  Para lá chegar é preciso primeiro superar a prova deste fim de semana: o GP do Japão. 

Faltam quatro GP'S esta época e temos que dar 100 por cento em cada um", confessou Márquez ao site do MotoGP. "Sobretudo nos próximos três que requerem grandes viagens. Estas corridas são sempre mais exigentes devido aos fusos horários e condições climatéricas e este ano com o título tão perto, será mais desafiante".

O campeão quer defender a coroa e fazer esquecer as variadas quedas que marcaram esta época. 

O mais importante a reter é o facto de termos estado em todos os pódios menos em Silverstone. Fizemos um bom trabalho a gerir as diferentes condições, circuitos e isso deu-nos confiança. Nota-se que estamos a um bom nível", acrescentou.

Motegi tem trazido sorte ao piloto de 24 anos. Memórias boas que motivam-no a conseguir somar mais um sucesso. 

"Temos boas memórias do Japão, porque vencemos no ano passado e por lá conquistámos o título duas vezes. Mas cada época tem uma história diferente e temos de nos focar e preparar para lidar com qualquer situação", confessou. "As condições da pista em Motegi podem variar drasticamente e temos de trabalhar muito para encontrar um bom set-up que não comprometa a aceleração e travagens a fundo".

A ronda nipónica realiza-se neste domingo, dia 15 de outubro. 

Comentários

Veja mais