Valentino Rossi mantém futuro em aberto

Valentino Rossi
Valentino Rossi

A época de 2017 foi para esquecer tanto para a Yamaha, como para Valentino Rossi.

A equipa não ganhou uma corrida desde a vitória do italiano em Assen (Holanda) no mês de junho, antes do piloto sofrer um acidente de motocrosse que resultou na fratura da perna direita. Mas, não foi a lesão que dificultou a vida a Rossi. O piloto assumiu que a fonte dos seus problemas para o resto da temporada foi a moto.

Os problemas de aderência traseira da Yamaha M1 deram os primeiros sinais no asfalto escorregadio em Jerez e em Barcelona e mostraram total descontrolo nas condições húmidas de Motegi (Japão) e Sepang (Malásia).

Rossi espera receber uma moto melhor nos testes oficiais da próxima época, mas ainda falta uma corrida por disputar no Circuito Ricardo Tormo.

“A última corrida da temporada chegou. Não foi um final de temporada emocionante para nós, mas conseguimos reunir dados essenciais nas últimas três corridas”, explicou com esperança de apanhar o piso seco na pista em Valência.

 

"Esperemos que o clima seja bom para podermos trabalhar da melhor maneira”, desejou. "Não estamos a lutar pelo título neste fim de semana, mas tentaremos fazer uma boa corrida de qualquer maneira. Tentaremos aproveitar o teste de dois dias da próxima semana para começar a trabalhar na nova temporada", concluiu.

'Il Dottore' com futuro em aberto

Aos 38 anos, Valentino Rossi projeta já a sua vida pós-MotoGP. O piloto que completa 39 anos de idade em fevereiro, tem apenas mais um ano de contrato com a Yamaha MotoGP e espera ter bom desempenho para continuar a competir na prova. Contudo, garante que o início de 2018 será chave para decidir se pendura as luvas. Em entrevista à Sky Sports 24, o italiano sublinhou que a sua carreira será decidida “no próximo ano, depois de algumas corridas”, e tudo dependerá de uma “moto competitiva”.

“Gostaria de continuar, vamos ver... ", disse Rossi ao canal italiano.

O teste oficial MotoGP será realizado em Valência nos próximos dias 14 e 15 de novembro. A Yamaha tem reservada ainda uma sessão de testes na Malásia antes do final do ano.

 

 

 

 

Comentários

Veja mais