Lamy quer ganhar no Bahrain mas “o mais importante é vencer o campeonato”

| PC
Pedro Lamy - Spa 2017
Pedro Lamy - Spa 2017

O Mundial de Endurance termina neste fim de semana e Pedro Lamy quer garantir o título nos GTE-Am com um triunfo no Bahrain. Mas o piloto português frisa que o mais importante é mesmo vencer o campeonato.

O Aston Martin que o piloto português divide com Mathias Lauda e Paul Dalla Lana lidera a classificação com 166 pontos tendo uma vantagem de 10 pontos sobre o Porsche de

Christian Ried, Marvin Dienst e Matteo Cairoli e 19 sobre o Ferrari de Weng Sun Mok, Keita Sawa e Matt Griffin.

Lamy não esconde o “otimismo” com que a equipa vai para as 6 Horas do Bahrain, pois as “várias vitórias” ao longo da época “dão uma certa motivação”. E, em declarações á agência Lusa, o português assumiu a ordem das prioridades.

O piloto da Aston Martin garante que a equipa vai “tentar vencer a corrida”, mas salienta que “acima de tudo, o mais importante é vencer o campeonato”.

A Aston Martin e Pedro Lamy perseguem a vitória na classe desde 2014, quando o português terminou no segundo posto e conseguindo fechar o pódio em 2015 e 2016. O triunfo em 2017 poderia ser um marco pessoal.

“A vitória no campeonato seria muito boa para a minha carreira. Corro há muitos anos e não sei quantos ainda vou correr, por isso seria muito bom”, afirmou Lamy ainda sem “nada confirmado” para 2018.

Já nesta sexta-feira, o Aston Martin da equipa do piloto português correspondeu as expetativas com o melhor registo da Qualificação dos GTE-Am.

Comentários

Veja mais