Peugeot deixa o Dakar após 2018

Dakar 2017 - Cyril Despres
Dakar 2017 - Cyril Despres

A Peugeot vai fazer a sua última participação no Dakar em 2018. Depois disso, a marca francesa abandona os «rali raids» incluindo a mais histórica prova do todo o terreno.

“Participaremos no Dakar 2018 coma Peugeot. Depois, a decisão do Grupo PSA é a de limitar cada marca a um programa desportivo internacional. Poranto, vamos abandonar [o Dakar]”, afirmou à «Auto Hebdo» Jean-Marc Finot, diretor desportivo da PSA Motorsport.

O grupo francês liderado pelo português Carlos Tavares que engloba a DS e agora a Opel tem, por exemplo, a Citroën a disputar o WRC. Nesta estratégia de uma marca por competição internacional, a Peugeot parece ter escolhido o caminho do ralicross l´com a equipa Hansen Motorsport e Sébastien Loeb à cabeça.

A Peugeot participa com os seus carros no Dakar desde 2015 tendo ganho as edições de 2016 e 2017 com Stéphane Peterhansel e o copiloto Jean-Paul Cottret.

No próximo ano, a Peugeot deverá fazer a despedida do Dakar com uma evolução do 3008 DKR, mas a marca francesa ter-se-á afastado de um cenário em que os regulamentos querem privilegiar o regresso à predominância dos 4x4.

Comentários

Veja mais