ERC: Bruno Magalhães fica em nono na Rep. Checa

  • Redação Autoportal
Bruno Magalhães
Bruno Magalhães

Bruno Magalhães (Skoda Fabia R5) terminou neste domingo o Rali da Rep. Checa, sexta prova do Europeu de Ralis, no nono lugar. O piloto português e o seu navegador, Hugo Magalhães, concluíram as 15 especiais da prova com o tempo de 2h13m13s ficando a 5m25s do vencedor, o checo Jan Kopecky (Skoda Fabia R5).

"Não fizemos a melhor escolha de pneus e fomos penalizados troço a troço com isso. A chuva trocou-nos as voltas. E numa prova onde cometer erros é algo fácil de acontecer tivemos de fazer as coisas com muita calma e sem correr riscos para garantir chegar ao final do rali. Foi uma prova muito dura e traiçoeira e sendo os primeiros na estrada sem qualquer referência das condições que íamos encontrar fomos ainda mais penalizados. Tenho pena, mas, pelo menos, fica a satisfação de termos trazido até ao final o carro sem qualquer dano."

Com este resultado, Bruno Magalhães manteve o segundo lugar do ERC, mas viu o líder do Europeu, Alexey Lukyanuk (Ford Fiesta R5) distanciar-se. O russo lidera agora com 148 pontos, mais 35 do que o português, que tem 113 pontos.

Com duas provas para fechar o ERC, Bruno Magalhães, tem agora dúvidas de que possa estar na próxima etapa do campeonato, na Polónia, entre 21 e 23 de setembro.

"À partida não estarei presente a não ser que algo mude significativamente. Mas ter chegado até aqui foi muito importante para nós e isso só foi possível com o apoio dos nossos patrocinadores que acreditaram no nosso trabalho. Um obrigado especial a todos eles."

O outro português a participar neste Rali da Rep. Checa, Aloísio Monteiro (Skoda Fabia R5), desistiu na 10.ª especial da prova, na sequência de um despiste.

Comentários

Veja mais