Corridas MotoGP podem ser mais curtas em 2018

GP da Austrália de MotoGP (Lusa)
GP da Austrália de MotoGP (Lusa)

É o mais recente rumor relacionado com o MotoGP e está a espalhar-se a grande velocidade. Ao que tudo indica estão previstas corridas mais curtas na temporada 2018, numa medida alegadamente imposta pela Comissão de Segurança após algumas queixas apresentadas por pilotos.

Alguns protagonistas terão reclamado no ano passado sobre as distâncias (demasiado longas) em alguns circuitos, e a solução poderá passar por um corte no número de voltas em, pelo menos, sete corridas na próxima temporada.
Segundo o Motorsport.com, os circuitos visados pelas corridas abreviadas são: Austin (Estados Unidos), Jerez (Espanha), Le Mans Bugatti (França), Catalunha (Catalunha), Brno (República Checa), Misano (San Marino) e Ricardo Tormo (Valência).

No entanto, as mudanças planeadas pelos dirigentes do MotoGP não serão drásticas. Na maioria dos casos, apenas uma volta será removida, enquanto que os circuitos espanhóis de Jerez e Valência perderão respetivamente duas a três voltas.

As categorias Moto2 e Moto3, também deverão ter corridas mais curtas.

Comentários

Veja mais