Mãe diz que Fenati “errou” mas está triste com as “ameaças de morte”

  • Redação Autoportal
Romano Fenati
Romano Fenati

Sabrina Fenati é a mãe do piloto de motociclismo mais falado desta segunda-feira que se seguiu ao GP de São Marino de Moto2 e também ela se pronunciou sobre o «caso» que deixou o seu filho fora das pistas.

Romano Fenati ficou nesta segunda-feira a saber que não só já não contam mais com ele na Marinelli Snipers nesta época, como viu também anulada a estreia com a MV Agusta da Forward Racing em 2019.

Entre despedimentos, o piloto italiano fez um pedido de desculpas global após o comportamento na Corrida para com Stefano Manzi. Também ainda antes de saber da decisão que o deixa sem equipa na próxima temporada, a sua mãe fez a sua defesa revelando que já sofreram ameaças de morte.

“O Manzi tentou atirá-lo ao chão em várias voltas. O meu filho foi provocado, mas eu devo admitir que o seu gesto foi errado. Provavelmente, estava com tanta adrenalina no corpo... e todos conhecemos o seu caráter. Ele caiu na provocação”, afirmou a mãe Fenati numa citação da «Gazzetta dello Sport».

Mas havia mais para dizer na altura. “O que me entristece é o facto de que tem havido ameaças de morte. Na realidade, alguém até escreveu ofensas dirigidas á sua namorada”, revelou Sabrina Fenati apontando que “aqueles que criticam este rapaz não sabem que há uma família por detrás dele e que ele é muito bom”.

VEJA TAMBÉM:

Moto2: Romano Fenati mostra atitude irresponsável em Misano

Moto2: Romano Fenati foi suspenso por duas corridas

Moto2: Fenati foi desclassificado, suspenso e agora despedido

Fenati pede desculpa a todos: “Não fui um homem”

Moto2 2019: Fenati é despedido pela segunda vez no mesmo dia

Comentários

Veja mais