Rali da Alemanha: Tanak vence, Ogier lucra

Ott Tanak
Ott Tanak

Sébastien Ogier (Ford Fiesta) foi quem beneficiou mais, porém, com os resultados da 10ª prova do calendário do WRC ao terminar no terceiro lugar e destacando-se no comando do campeonato depois de Thierry Neuville (Hyundai i20) ter saído da Alemanha sem pontos.

O piloto estónio venceu a segunda prova da carreira (e da época) no dia nacional do seu país no culminar de uma gestão exemplar no asfalto alemão depois de ter assumido a liderança na sexta-feira.

Tanak reconheceu ter feito «tempos perfeitos em condições traiçoeiras» na primeira parte do rali e que «depois foi gerir» não forçando sequer na Power Stage por qualquer ponto.

Agora, o piloto da M-Sport quer «continuar a lutar por vitórias e lutar pelo campeonato», que é liderado pelo seu companheiro de equipa tetracampeão mundial.

Ogier também não forçou andamentos depois do abandono de Neuville, no sábado, e acabou atrás de Andreas Mikkelsen (Citroën C3) na Alemanha.

Mas o francês somou 17 preciosos pontos para se destacar no campeonato, pois o regresso em força prometido pelo belga para lutar pelo triunfo na Power Stage ficou apenas pelo sexto lugar e sem pontos.

Classificação do Rali da Alemanha:

1. Ott Tänak (Ford Fiesta), 2h57m31.7s
2. Andreas Mikkelsen (Citroën C3), +16.4s
3. Sébastien Ogier (Ford Fiesta), +30.4s
4. Juho Hänninen (Toyota Yaris), +1m49.2s
5. Craig Breen (Citroën C3), +2m01.5s
6. Elfyn Evas (Ford Fiesta), +2m03.4s
7. Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), +3m58.2s
8. Hayden Paddon (Hyundai i20), +4m32.4s
9. Amin Kremer (Ford Fiesta), +10.19.4s
10. Eric Camilli (Ford Fiesta), +10m44.3s
(…)

A próxima prova do WRC é o Rali da Catalunha, no início de outubro.

Classificação do Mundial de Ralis:

1. Sébastien Ogier (Ford Fiesta), 177 pontos
2. Thierry Neuville (Hyundai i20), 160
3. Ott Tanak (ford Fiesta), 154
4. Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), 120
(…)

No WRC2, o terceiro lugar de Pontus Tideman entre os da sua categoria foi suficiente para o sueco do Skoda Fabia garantir o título de campeão sucedendo a Esapekka Lappi (vencedor em 2016).

Comentários

Veja mais