Rali da Grã-Bretanha: Ogier entra a mandar

Sébastien Ogier no Rali de Portugal
Sébastien Ogier no Rali de Portugal

Sébastien Ogier (Ford Fiesta) entrou a mandar no Rali da Grã-Bretanha vencendo a primeira superespecial daquela que é a penúltima prova do calendário do WRC.

O francês da M-Sport fez os 1,49 quilómetros do único troço agendado para esta quinta-feira em 1.09,7 minutos tendo o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris) ficado a 0.4 segundos de distância e o belga Thierry Neuville (Hyundai i20) a 0.5 segundos

O estónio Ott Tänak (Ford Fiesta), o vice-comandante do mundial, 37 pontos atrás de Ogier, ficou a 0.6 segundos.

Ogier pode garantir a conquista do quinto título mundial de Ralis consecutivo se vencer no País de Gale ou terminar em segundo na prova britânica conseguindo todos os pontos de bónus da Power Stage de domingo.

O francês e o seu copiloto, Julien Ingrassia, mantêm uma vantagem de 37 pontos sobre o estónio Ott Tänak, colega de equipa e segundo classificado, e 38 sobre o belga Thierry Neuville, à entrada para as últimas duas provas.

No campeonato de Construtores, que também pode ficar decidido na penúltima prova do calendário, as contas são mais simples, uma vez que a equipa privada britânica M-Sport está a quatro pontos de vencer pela primeira vez a tabela das equipas desde 2007.

Com uma liderança de 83 pontos sobre a Hyundai, com 86 em disputa nas duas últimas corridas, a M-Sport só precisa que um dos seus três pilotos – Ogier, o Tänak e Elfyn Evans (que este fim de semana corre em casa) – termine a prova galesa para confirmar o título.

O Rali da Grã-Bretanha prossegue nesta sexta-feira com mais seis classificativas.

Comentários

Veja mais