Marchionne aponta Alfa Romeo à IndyCar

Sergio Marchionne com Paolo Gentiloni
Sergio Marchionne com Paolo Gentiloni

De regresso à Fórmula 1 como parceira da Sauber, a Alfa Romeo pode aventurar-se noutra categoria automóvel. De acordo com Sergio Marchionne, presidente da Ferrari, a marca italiana pode dar os seus primeiros passos na Fórmula Indy num futuro próximo.

Sem grandes planos para a tão procurada Fórmula E, Marchionne acredita que o futuro das marcas do Grupo Fiat Chrysler ainda está na F1, e possivelmente, na IndyCar Series.

De acordo com o CEO, após ter assinado uma parceria com a Sauber na F1, o futuro da Alfa Romeo pode passar pelos Estados Unidos, numa possível parceria com a Dallara.

“Não temos muita experiência em corridas na América, mas estamos em conversações sobre a Fórmula Indy. Por que não? Giampaolo Dallara é um excelente especialista e o melhor engenheiro na indústria”, comentou Marchionne à margem do Salão do Automóvel de Detroit.

Alem disso, o CEO promete continuar a investir na Fórmula 1. Marchionne vê na Haas uma provável parceira para a Maserati, nos mesmo moldes da Alfa Romeo com a Sauber.

“Em termos de uma possível cooperação, talvez seja melhor tentar organizar um projeto conjunto com a Haas na F1. Seria um bom projeto”, frisou.

A parceria da Alfa Romeo com a Sauber terá início na temporada 2018 da F1, e como parte do acordo, o jovem piloto de 20 anos Charles Leclerc (formado na Ferrari) fará a sua estreia com a equipa suíça.

Comentários

Veja mais