WTCC: ausência na China custa liderança a Tiago Monteiro... por meio ponto

Thed Bjork
Thed Bjork

A ausência de Tiago Monteiro na etapa chinesa do WTCC deste fim de semana acabou por custar ao português a liderança do campeonato. Mas a chuva que marcou a segunda corrida deste domingo acabou por fazer com que essa perda do comando fosse pela margem mínima possível: Thed Bjork (Volvo) é o novo comandante do Mundial, mas com apenas meio ponto de vantagem.

Esteban Guerrieri (Chevrolet) foi o vencedor da Corrida de Abertura. Mas a Corrida Principal na estreia do Mundial de Turismos no Ningbo International Speedpark acabou interrompida à quarta volta. Nestor Girolami (Volvo) era o líder na altura e viu ser-lhe atribuída a primeira vitória da carreira no WTCC.

Os regulamentos dizem que numa situação destas serão atribuídos meios pontos se o vencedor tiver completado duas voltas, mas menos de 75% do total da distância de corrida prevista.

Tiago Monteiro seguiu ao longe o que se passou na China. Mas o piloto da Honda não só não foi esquecido pelos companheiros de pelotão, que colaram nos carros o incentivo #GoTiago18, como já está a trabalhar para o regresso no Japão, a antepenúltima prova do campeonato.

Tiago Monteiro recupera do acidente nos testes em Barcelona durante a paragem do WTCC – que acabou por deixá-lo fora das corridas na China. A perda de pontos era esperada, a liderança estava em risco e no final deste domingo Thed Bjork assumiu o comando do Mundial.

O sueco da Volvo lidera a agora o campeonato com 200,5 potos, à frente de Tiago Monteiro (200) e do companheiro de equipa do português na Honda Norbert Michelisz (198,5).

Comentários

Veja mais