Rali de Portugal: Neuville comanda após a imensa razia

  • Redação Autoportal
Rali de Portugal
Rali de Portugal.

Imagem: Lusa

Thierry Neuville (Hyundai i20) é o líder do Rali de Portugal no final desta sexta-feira. O primeiro dia «a sério» da sexta prova do Mundial de Ralis foi mesmo sério e acabou por ditar uma autêntica razia no pelotão apanhando dois líderes e o campeão em título da prova portuguesa.

Elfyn Evans (Ford Fiesta) ocupa o segundo lugar da classificação geral a 17 segundos do piloto belga. O terceiro lugar do pódio volta a ter um Hyundai i20, com Dani Sordo a 24 segundos do líder.

Neuville assumiu o comando após a sétima especial, em Ponte de Lima, marcada pelo despiste de Hayden Paddon (Hyundai i20), que levou à neutralização da competição. O neozelandês foi o segundo líder a abandonar nesta sexta-feira e fez ainda uma passagem pelo hospital por precaução.

O primeiro líder a abandonar a prova foi Ott Tänak (Toyota Yaris), que trazia o comando da véspera e pouco depois foi a vez do segundo carro da equipa japonesa: Jari-Matti Latvala.

Mas não ficou por aqui. Sébastien Ogier (Ford Fiesta), pentacampeão do mundo, líder do Mundial e campeão em título do Rali de Portugal teve um despiste forte na quinta especial que o mantém igualado com Markku Alén entre os recordistas de triunfos (5) na prova portuguesa.

Na mesma sétima especial que ditou o abandono de Paddon e a liderança de Neuville, a Hyundai perdeu ainda o seu segundo carro: Andreas Mikkelsen. Pelo lado positivo da tirada, a equipa sul-coreana fica agora com o vice-comandante do Mundial a poder subir ao comando do WRC no final do Rali de Portugal.

Neuville tem dez pontos de atraso para Ogier e com a desistência do francês a liderança do Mundial está com a porta aberta. No final desta sexta-feira, o belga confirmou isso mesmo reforçando a sua liderança na prova portuguesa com o triunfo nas duas mangas da Porto Street Stage que encerram o segundo dia de rali.

Entre os pilotos portugueses que lutam também pela pontuação para o Campeonato Portugal de Ralis, Armindo Araújo (Hyundai i20) é piloto luso mais bem classificado estando um lugar à frente de Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5) com 9.3s de vantagem – ambos dentro do top 20 da geral.

Classificação do Rali de Portugal após a SS9:

1. Thierry Neuville (Hyundai i20), 1h37m30.7s

2. Elfyn Evans (Ford Fiesta), +17.7s

3. Dani Sordo (Hyundai i20), +24.3s

4. Teemu Suninen (Ford Fiesta), +34.4s

5. Esapekka Lappi (Toyota Yaris), +45,8s

6. Mads Ostberg (Citroën C3), +48.3s

7. Kris Meeke (Citroën C3), +1m18.7s

8. Craig Breen (Citroën C3), +2m27.3s

9. Gus Greensmith (Ford Fiesta R5), +6m57.1s

10. Lukasz Pieniazek (Skoda Fabia R5), +7m31.4

...

17. Armindo Araújo (Hyundai i20 R5), +10m03.3s

18. Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5), +10m12.6s

...

27. Diogo Salvi (Skoda Fabia R5), +18m47.4s

...

Neste sábado, os pilotos enfrentam seis especiais de classificação com (duas) passagens pelo renovado percurso de Vieira do Minho (17,5 km), com o troço de Cabeceiras de Basto (22,22 km) e com a tradicional especial de Amarante (37,6 km), mais uma vez a mais longa do rali – a contagem para o Nacional de Ralis termina após as especiais da manhã.

Comentários

Veja mais