Rossi: «Não estou muito mal, mas a recuperação não é curta»

Valentino Rossi
Valentino Rossi

Valentino Rossi está bem, pelas suas próprias palavras, e até já começou a fazer alguma fisioterapia. Mas o italiano vai avisando que a sua recuperação não será curta.

O piloto da Yamaha continua a trabalhar para regressar à moto o mais rápido que puder, mas neste fim de semana falhará a primeira corrida depois da queda na semana passada em que fraturou a perna direita.

«Tenho muita pena de não estar na corrida em minha casa. Ansiava muito por correr em Misano, porque pilotar perante os meus fãs é uma coisa muito especial, mas tenho de ter de lidar com a lesão com cuidado», afirmou Rossi no site da sua equipa no lançamento do GP de São Marino feito pela Yamaha.

Com o «apoio» da equipa «no processo de reabilitação, o italiano tentará reduzir um período de recuperação que não se prevê curto.

«Felizmente, estou bem, não estou muito mal e já consegui começar alguma fisioterapia ligeira. A recuperação não é curta, mas farei tudo para conseguir voltar à pista o mais rápido possível», disse o italiano.

Comentários

Veja mais