Rossi: “Para causar dano a Márquez é preciso andar mais rápido”

  • Redação Autoportal
Valentino Rossi
Valentino Rossi

Valentino Rossi tem os pés em dois patamares diferentes quando está perto de acabar a paragem de verão do MotoGP. O piloto da Yamaha está satisfeito com a primeira parte da temporada, mas assume que a sua moto tem de andar mais para competir de facto com o campeão do mundo em título e atual líder do Mundial, Marc Márquez.

“Terminei a primeira parte da temporada com o meu melhor resultado, segundo [em Sachsenring], e também estou em segundo no campeonato, mas, na realidade, um pouco longe de Márquez”, afirmou Rossi, que tem 46 pontos de desvantagem para o espanhol.

«Il dottore» frisa que “para manter o campeonato em aberto é preciso encontrar forma de andar mais rápido” repetindo nas declarações à «Radio Deejay» citadas pelo «Motorsport.com», a necessidade de ter uma Yamaha mais poderosa: “Para causar dano é preciso rodar de forma mais forte.”

“Se não for assim, é demasiado fácil. [Márquez] tem bastantes pontos de vantagem, mas, sobretudo, foi forte em todas as ocasiões. Ganhou muitas corridas”, analisou Rossi novamente com os pés em dois lados: “Ainda falta muito e estaremos mais perto dele.”

O Mundial de MotoGP regressa da paragem de verão no próximo fim de semana com o GP da República Checa, décima corrida das 19 provas do calendário, no Autódromo de Brno.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais