LMP1: Fernando Alonso testa Toyota no Bahrain

Fernando Alonso
Fernando Alonso

Fernando Alonso teve este domingo o primeiro contacto com o Toyota TS050 Hybrid nos testes WEC realizados no Bahrain.

O espanhol assinou o melhor tempo de 1m43.013s durante o período de três horas na sessão da tarde. Uma ligeira evolução para o resultado da manhã de 1m43.709.

Mas, o diretor técnico da Toyota Motorsport, Pascal Vasselon, fez questão de frisar que este teste não garante nada a Alonso. O espanhol não simulou nenhuma volta rápida e limitou-se a testar os pneus Michelin com Mike Conway (Toyota).

"Não testámos com combustível baixo e não realizámos nenhuma qualificação - não havia nenhum troféu para vencer hoje", disse."Fizémos um pouco mais de trabalho com o Fernando. Depois de conhecer melhor o carro durante a tarde, fez alguns testes de pneus, complementando o trabalho que Mike [Conway] tem feito no outro carro".

Para Alonso, o teste no Bahrein foi "um ótimo dia".

"Acho que um teste em LMP1 é sempre bom para qualquer piloto. Os carros são incríveis de conduzir e são muito consistentes", acrescentou.

Quanto à possibilidade de se juntar à Toyota para as 24H de Le Mans do próximo ano, Alonso não quis abrir o jogo.

"Um dia seria bom [competir no WEC]", garantiu. "Não sei quando, mas a resistência, com certeza, é um objetivo que tenho para o meu futuro depois da F1".

Já, Vasselon recusou comentar sobre as hipótese de Alonso se juntar à Toyota para o teste agendado em Aragão no início do próximo mês.

"De momento foi apenas uma oportunidade fantástica", assumiu. "Temos tempo para pensar sobre o futuro".

Comentários

Veja mais