F1: Renault pode fornecer motores a quatro equipas em 2018

Renault F1 2016
Renault F1 2016

A Renault diz-se capacitada para fornecer motores a quatro equipas na temporada 2018 de Fórmula 1. A fabricante frances diz que já o fez. E que pode voltar a fazê-lo já para o próximo ano.

«Já fomos capazes de fornecer quatro equipas no passado», disse Cyril Abiteboul ao «Motorsport.com», referindo-se a 2014: Lotus, Red Bull, Toro Rosso e Caterham.

«Às vezes estivemos muito bem, especialmente no fim da era dos V8. Noutras vezes, foi bastante difícil, como no início da era V6», admitiu o diretor da Renault assumindo que é altura de «considerar seriamente uma quarta equipa».

Abiteboul explica que «a fiabilidade estará sob controlo mais para a frente nesta temporada e ainda mais no próximo ano» e que, «com menos motores no ano que vem – três por piloto em 2018 – será mais fácil fazer isso».

«Não estou a dizer que é certo, ficaríamos felizes se fosse. Mas somos capazes de abastecer quatro equipas? Sim, somos», garantiu o francês.

Comentários

Veja mais