Vettel pediu desculpas por sms e Hamilton aceitou-as

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel
Lewis Hamilton e Sebastian Vettel

Sebastian Vettel e Lewis Hamilton estão com desculpas pedidas e aceites como revelaram nesta quinta-feira em público numa conferência de imprensa que os juntou no arranque do fim de semana do GP da Áustria.

Em resposta às perguntas, os dois pilotos foram tornando também público como foi o seu relacionamento em privado depois do choque em Baku; nomeadamente via telefone e até que foi por sms que o alemão formalizou o seu pedido de desculpas, que o inglês afirmou ter aceitado.

Vettel não quis, porém, falar muito do assunto. «Tive oportunidade de falar com o Lewis depois da corrida, mas não quero empolar isto mais do que já está», afirmou o alemão assumindo ter tido «uma visão muito diferente» do incidente que envolveu os dois pilotos «um tempo depois» e «já fora do carro».

Hamilton contou que na sua conversa com Vettel quis deixar claro que não fez um brake-test como foi acusado e que ele «corrigisse isso publicamente». E aceitou as desculpas quando o alemão as pediu.

«A conversa que tivemos [2ª feira] não foi propriamente um pedido de desculpas, mesmo que essa tenha sido a intenção. Foi sim no dia seguinte que recebi uma sms do Sebastian a pedir desculpas. E aceitei-as», contou Hamilton.

Vettel explicou também por que se desculpou publicamente apenas alguns dias mais tarde, já na véspera da audiência com a FIA: «Parece-me que vocês não são as pessoas mais importantes. A pessoa mais importante é o tipo com quem estou a correr. Esse é o Lewis e foi a ele que decidi ligar primeiro.»

Reencontro Hamilton-Vettel em público foi marcado… pelos risos

Comentários

Veja mais