F1: Red Bull é a equipa que menos voltas fez em 2017. E o piloto, advinha quem é?

Max Verstappen
Max Verstappen

A Red Bull foi a equipa que menos voltas fez no Mundial 2017 da Fórmula 1. E, em relação aos pilotos, é também um dos homens da equipa austríaca o que menos rodou no presente campeonato: Max Verstappen.

No plano oposto, a Force India é a equipa que mais voltas fez em corrida no conjunto dos dois carros. No caso dos pilotos que mais rodaram em corrida, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton (os dois primeiros da classificação do Mundial) fazem o pleno de cem por cento; num exercício feito pelo «Crash.net» com base nos números da época.

O número máximo de voltas que os carros de uma equipa em conjunto poderiam ter dado nas oito corridas realizadas neste campeonato é de 974; divididas por 487 para cada um os seus pilotos.

A partir destes dados, o número de voltas, com as respetivas percentagens, realizadas em corrida em 2017 são os seguintes:

Equipas:

1. Force India - 956 voltas (93%)

2. Mercedes - 946 (92%)

3. Ferrari - 903 (88%)

4. Sauber - 829 (81%)

5. Haas - 809 (79%)

6. Toro Rosso - 749 (73%)

7. Williams - 745 (73%)

8. Renault - 738 (72%)

9. McLaren - 716 (70%)

10. Red Bull - 685 (67%)

Pilotos:

1. Sebastian Vettel (Ferrari) - 487 voltas (100%)

1. Lewis Hamilton (Mercedes) - 487 (100%)

3. Esteban Ocon (Force India) - 484 (99%)

4. Sergio Perez (Force India) - 472 (97%)

5. Valtteri Bottas (Mercedes) - 459 (94%)

6. Pascal Wehrlein (Sauber) - 347 (93%)

7. Marcus Ericsson (Sauber) - 424 (87%)

8. Kevin Magnussen (Haas) - 422 (87%)

9. Kimi Raikkonen (Ferrari) - 416 (85%)

10. Daniel Ricciardo (Red Bull) - 408 (84%)

11. Nico Hulkenberg (Renault) - 394 (81%)

12. Romain Grosjean (Haas) - 387 (79%)

12. Felipe Massa (Williams) - 387 (79%)

14. Daniil Kvyat (Toro Rosso) - 380 (78%)

15. Fernando Alonso (McLaren) - 318 (78%)

16. Carlos Sainz (Toro Rosso) - 369 (77%)

17. Lance Stroll (Williams) - 358 (73%)

18. Jolyon Palmer (Renault) - 344 (71%)

19. Stoffel Vandoorne (McLaren) - 341 (70%)

20. Max Verstappen (Red Bull) - 277 (57%)

Nesta tabela, ganha também especial relevo a sexta posição de Pascal Wehrlein, que não fez as duas primeiras corridas das oito da temporada sendo substituído por Antonio Giovinazzi. Também Fernando Alonso perdeu o GP do Mónaco, onde o seu lugar foi ocupado por Jenson Button.

Giovinazzi e Button, como pilotos de substituição não fazem parte da lista de individual, mas as 58 voltas do italiano (em duas corridas) e as 57 do britânico (em Monte Carlo) são contabilizadas no total das equipas.

Comentários

Veja mais