Sebastian Vettel sente que desiludiu Ferrari

Sebastian Vettel
Sebastian Vettel. TORU HANAI/REUTERS

São tempos difíceis que a Ferrari atravessa atualmente na Fórmula 1, muito por causa da série de azares que Sebastian Vettel tem vivido. A época foi por água abaixo e o título entregue ao principal rival, Lewis Hamilton (Mercedes).

Mas, para o piloto alemão não foram os eventos mais recentes que o deixam mal visto. Vettel confessa que sente que desiludiu a Ferrari quando perdeu a cabeça com Hamilton no GP do Azerbaijão, em junho. 

Com Safety Car em pista, o inglês desacelerou e o alemão, então líder do campeonato, não conseguiu evitar o toque na traseira do Mercedes, reagindo de cabeça quente com outro toque de lado. O “chega para lá” valeu-lhe uma penalização de 10 segundos quando liderava a corrida. Hamilton não saiu prejudicado.

Questionado sobre o acidente recente em Singapura, Vettel respondeu:

“Acho que em Baku foi pior. Sinto que dececionei a equipa, porque foi algo que fiz e que custou uma potencial vitória”, garantiu ao site motorsport.com.

 

“O que aconteceu em Singapura, para ser honesto, é algo normal numa corrida. Obviamente que é uma infelicidade extrema, mas não sei quantos acidentes já tivemos no arranque no passado, nem quantos teremos no futuro."

Comentários

Veja mais