Monolugares de Ayrton Senna vão a leilão

Ayrton Senna
Ayrton Senna

A Bonhams vai leiloar em maio vários carros que fizeram história no Mónaco e entre o lote estão dois verdadeiros tesouros: um Toleman TG184 de 1984 e um McLaren MP4-8A de 1993. O que têm estes dois carros em comum? São monolugares, competiram na Fórmula 1 e tiveram no comando o lendário Ayrton Senna.

Pedaços de história da Fórmula 1

O primeiro modelo Toleman-Hart foi projetado pelo designer Rory Byrne e o engenheiro Pat Symonds. Teve o seu grande momento no GP do Monaco de 1984, numa corrida marcada pela forte chuva que caía no Principado.

Na volta 19, passou Niki Lauda, que seguia em segundo e estava pronto para atacar o lugar de Alain Prost. A corrida foi interrompida na volta 31 por questões de segurança, na altura em que Senna comemorava a vitória ao ultrapassar o McLaren de Prost a poucos metros da meta. Contudo, a festa não durou porque o regulamento acabaria por favorecer o francês, relegando Senna para segundo.

Para Mark Osborne, chefe global de automobilismo em Bonhams a "disputa Senna-Prost, no final da década de 80 e início da década de 90, foi uma das maiores rivalidades desportivas de todos os tempos, com dois grandes campeões que proporcionaram aos fãs da F1, as corridas mais fantásticas e espetaculares alguma vez testemunhadas".

"Estamos muito satisfeitos em apresentar o próprio carro - o 1984 Toleman-Hart TG184 - que desencadeou essa grande rivalidade, e que forneceu o capítulo de abertura para a notável e memorável história de Ayrton Senna no GP do Mónaco", garantiu.

O segundo monolugar, mais moderno, viu Senna subir ao lugar mais alto do pódio, na temporada de 1993. Apesar da problemática relação com o carro - fiabilidade do V8 HB construído pela Cosworth e o "coice" da suspensão ativa que provocou o despiste do brasileiro nos treinos livres no Mónaco- Ayrton beneficiou sobretudo de uma enorme dose de sorte.

O terceiro classificado da grelha aproveitou a penalização de 10 segundos do líder Prost e a falha hidráulica do carro de Schumacher. Senna precisou apenas de manter o bom ritmo até cruzar a meta.

Mais informações aqui.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Veja mais