Marc Márquez quer minimizar número de quedas em 2018

Marc Márquez - GP de Valência (Lusa)
Marc Márquez - GP de Valência (Lusa)

Marc Márquez (Honda) sagrou-se tetracampeão MotoGP no GP de Valência, última ronda do campeonato. Até lá, a temporada do piloto espanhol ficou marcada por várias quedas e pelas formas incríveis como Márquez conseguiu evitar o pior.  

No total, Márquez foi ao chão 27 vezes…10 vezes mais que no seu recorde anterior na classe rainha.

"Tenho de parar para pensar durante o inverno”, disse Márquez durante os festejos do título na sua cidade natal, Cervera. “Sempre fui autocrítico e por isso o objetivo do próximo ano é manter a velocidade, mas com menos quedas. E também não cometer os mesmos erros nas corridas, como na Argentina e em Austin [EUA]", assumiu.

 

Mas, por incrível que pareça, Márquez nem foi o piloto com mais quedas registadas no MotoGP em 2017. Talvez tenha sido quem mais deu nas vistas por ser o detentor do título.

O rei das quedas na categoria rainha é Sam Lowes (Aprilia). O piloto britânico caiu 31 vezes em 18 Grandes Prémios. Um recorde absoluto em sete anos.

“Errar é humano e a perseverança é diabólica”, garantiu Lowes que apesar de perder várias lutas com a Gravidade, nunca sofreu lesões preocupantes.

Quanto aos outros pilotos MotoGP, Álvaro Bautista (Aspar Ducati) perde para Márquez com apenas uma queda de diferença. Segue-se o britânico Cal Crutchlow (LCR Honda) com 24 quedas em 2017.

 

Comentários

Veja mais