Andrea Dovizioso: "Vencer é a única estratégia"

Andrea Dovizioso - GP Japão
Andrea Dovizioso - GP Japão

A distância entre o líder do campeonato MotoGP, Marc Márquez (Honda) e o segundo classificado, Andrea Dovizioso (Ducati), é de 21 pontos. No GP de Valência, a margem de erro é nula para o piloto italiano que ainda assim acredita que não há impossíveis. Mas, convém relembrar que para Dovizioso conquistar o título terá de vencer a última ronda e esperar que Márquez corte a meta em (pelo menos) 12.º.

"Vamos para Valência cientes que temos uma grande margem de pontos para o Marc Márquez e que estamos num circuito que ele conhece muito bem", disse Dovizioso."Sabemos que vai ser duro. A única estratégia para mim, com esta margem, é vencer e esperar para ver em que lugar é que termina", sublinhou o italiano.

 

"Estamos muito fortes na maioria dos circuitos e por isso temos de tentar e encarar este fim de semana com otimismo, como sempre fizemos", assumiu.

Analisando o modus operandi de Márquez, Andrea Dovizioso não coloca de parte a hipótese do espanhol ter algum azar em pista. O piloto Honda fará tudo para agarrar o título e sem precauções, o que pode dar lugar a alguns erros.

"Ele é muito bom e sabe como lidar com estas situações. Mas, também é verdade que quando vê uma oportunidade, não consegue deter-se e então pode cometer erros", concluiu.

 

Comentários

Veja mais