Ducati com mão cheia de novidades

Ducati com mão cheia de novidades
Ducati com mão cheia de novidades

No que toca a apresentar novidades, a Ducati não brinca em serviço e montou um verdadeiro espectáculo universal para revelar as suas novidades.

Pela mão de Claudio Domenicali, CEO da Ducati, a marca italiana apresentou os seis mais recentes membros da já bem-composta família: a Monster 821, a Scrambler 1100, a Multistrada 1260, a Panigale 959 Corse e a estrela da companhia, a nova Panigale V4.

A V4 chega para substituir a Panigale 1299 S, que era até então a moto mais potente, com 205 cv. Pela primeira vez, a marca italiana aposta num motor de 4 cilindros para a produção em massa, deixando para trás os motores de 2 cilindros, como o da Panigale 1299.

A moto utiliza como base o motor Desmosedici Stradale V4, com 1103 cc, e 214 cv de potência a 13000 rpm. Conta ainda com um binário de 122 Nm às 10000 rpm.

Apesar de manter as mesmas características das desportivas mais recentes da Ducati, a V4 possui um desenho completamente novo. Além do motor, o chassis também é outro elemento da moto que traz tecnologia da MotoGP.

De acordo com a Ducati, o objetivo é manter a tradicional leveza das desportivas da marca italiana, com a exceção de apostar num motor de 4 cilindros, naturalmente mais pesado que o de 2 cilindros.

Mesmo assim, a V4 ficou com apenas 198 kg, para a versão de entrada, e 195 kg para a S e Speciale.

No caso da Speciale, a potência chega mais longe com um total de 226 cv. Uma versão bem (es)Speciale que terá uma produção limitada de 1500 unidades e conta com uma decoração única e pormenores exclusivos.

Comentários

Veja mais