F1: Lewis Hamilton aborrecido com novas regras

Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
partilha

A mudança no regulamento para a época 2018 da Fórmula 1 não agradam a Lewis Hamilton. Para o tetracampeão, as alterações  podem prejudicar a modalidade, podendo até provocar um distúrbio de identidade juntos dos adeptos mais ferrenhos.

"As novas regras têm de ser estudadas melhor. Não gosto da ideia de utilizar apenas três motores. Isto é uma treta", confessou em entrevista à BBC.

Além da regra da utilização exclusiva de apenas três unidades de potência (uma a menos que este ano) será introduzido em todos os carros o polémico halo, estrutura de segurança que protege a cabeça dos pilotos em caso de choque. O halo irá naturalmente aumentar o peso dos monolugares em cinco quilos, tornando-os nos mais pesados da história da Fórmula 1.

“O carro da próxima temporada será como um autocarro ou tão pesado como um carro da Nascar. Teremos de ter cuidado com os travões também, por causa da distância de travagem. Estarão sempre incandescentes”, desabafou.

Para o atual campeão e piloto da Mercedes, as mudanças terão impacto negativo na competitividade e fará com que os carros percam o seu ADN.

“Sentimos a falta de poder acelerar a fundo na Fórmula 1”, garantiu. “Pode parecer algo negativo e perigoso, mas, enquanto pilotos, queremos carros rápidos e ágeis. Só assim poderemos atacar. Infelizmente não é o que se pode fazer atualmente”, assumiu.

A Fórmula 1 despede-se da temporada 2017 com o GP de Abu Dhabi, marcado para o dia 26 de novembro.

Comentários

Veja mais