Fórmula 3: Ticktum vence corrida de loucos em Macau

Daniel Ticktum no pódio de Macau com Lando Norris e Ralf Aron
Daniel Ticktum no pódio de Macau com Lando Norris e Ralf Aron

Daniel Ticktum (Dallara Volkswagen) venceu a prova de Fórmula 3 do GP de Macau.

O britânico que largou do oitavo lugar da grelha, conquistou uma inesperada vitória na prova que ficou marcada por uma reviravolta espetacular na última volta em que os dois primeiros –Sette Câmara e o Ferdinand Habsburg (Dallara Volkswagen) – acabaram por ficar de fora do pódio, após um despiste à saída da derradeira curva.

Lando Norris (Dallara Volkswagen) e Ralf Aron (Dallara Mercedes) subiram ao segundo e terceiro lugares do pódio, respetivamente.

A prova ficou marcada por vários acidentes. O primeiro envolveu Marino Sato que embateu nas barreiras a seguir à curva da Melco. Pouco depois, à terceira de 15 voltas, Joel Eriksson (Dallara Volkswagen), que partiu do segundo lugar da grelha, acabaria afastado da corrida, depois de o carro ter parado na subida de São Francisco. Callum Ilott (Dallara Mercedes), que largou da pole, foi obrigado a ir às boxes devido a um furo num pneu, perdendo terreno na corrida e ficando-se pelo 15.º lugar.

Sérgio Sette Câmara aproveitou para agarrar a liderança, que manteve até à última volta, Maximilian Günther o segundo lugar e Ferdinand Habsburg o terceiro. Mais tarde, a luta pelo primeiro lugar passou a travar-se apenas entre o brasileiro e o austríaco, depois de Habsburg ter ultrapassado Günther e ter tentado superar Sette Câmara.

O brasileiro, que entrou este ano como principiante no campeonato de F2 da FIA, acabou por ficar em 13.º, enquanto Habsburg ainda conseguiu assegurar o quarto lugar apesar de ter embatido nas barreiras e após ultrapassar o brasileiro na última curva antes da meta.

Pedro Piquet (Dallara Mercedes), filho do tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet, conquistou o sexto lugar. O alemão Mick Schumacher (Dallara Mercedes), filho do heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher, foi 16.º na estreia em Macau.

 

Comentários

Veja mais