GP do México: Verstappen estava entediado

Max Verstappen
Max Verstappen

Depois do drama vivido no GP dos EUA, Max Verstappen estava determinado em vencer o GP do México e não desiludiu os adeptos da Red Bull que assistiram ao vivo e a cores o renascer do "Holandês Voador".

Verstappen assumiu o primeiro lugar da corrida e não largou a liderança, nem o pedal do acelerador. O jovem seguiu imparável e mereceu mesmo uma chamada de atenção por parte dos engenheiros que pediram ao piloto para ter mais calma.

Preocupado com um potencial problema na refrigeração do motor Renault, devido à altitude na Cidade do México, Verstappen deu o litro e ouviu no rádio ordens para reduzir a velocidade.Facto, que segundo, Christian Horner, deixou o piloto frustrado.

“O grande desafio nesta corrida foi de segurá-lo, não de fazê-lo andar mais rápido, o que é muito incomum”, disse o chefe da equipa. Acho que começou a ficar entediado. Estava frustrado porque não conseguia ir mais devagar. Ele adora batalhas. Mostrou nas primeiras duas curvas que queria vencer a corrida mais do que ninguém", confessou Horner.

Comentários

Veja mais