Descubra as razões (e as respostas) das discussões entre casais ao volante

  • Redação Autoportal
Queixas ao volante
Queixas ao volante

Discussões entre condutor e passageiro do lado são coisas que acontecem e cuja frequência foi agora medida em inquérito, com incidência nos comentários que o passageiro (ou passageira) fazem quanto à condução da membra (ou membro) do casal que formam.

Um estudo realizado pela empresa especializada em alugueres de viaturas online BuyaCar mostra que “o excesso de velocidade é a principal causa das discussões entre casais no carro”. E outra das conclusões retiradas é que as probabilidades de crítica à medida que a idade do casal avança aumentam três vezes...

A empresa de aluguer inquiriu os seus clientes com a pergunta “O seu parceiro critica-o quando conduz?” e a amostra de 1.200 respostas atesta que, abaixo dos 34 anos, a média de críticos é inferior a um, enquanto quando se ultrapassa os 55 anos de idade, as críticas estão presentes em um terço dos casos.

No topo das queixas está “o excesso de velocidade”, mas não deixando longe o “travar tarde de mais”, o “travar forte” e o “correr riscos desnecessários”. Mas “conduzir de forma excessivamente prudente ou devagar” também não foge às críticas, bem como mudar constantemente de faixa ou não guardar uma distância conveniente para o veículo da frente.

A britânica BuyaCar completou a sua análise com uma eleição das dez melhores respostas de quem ainda tinha “outras razões” para criticar o outro membro do casal:

1. “Criticar a condução dos outros com explicações tendo eu treino de condução com a polícia”;

2. “Ser homem”;

3. “Dar passagem aos autocarros”;

4. “Pensar que sabem mais do que o Código da Estrada”;

5. “Olhar para as jovens que passam”;

6. “Recusar parar para uma pausa”;

7. “Demorar muito a estacionar”;

8. "Subir passeios nas curvas”;

9. “Gritar com os outros condutores”;

10. “Tudo!”

Comentários

Veja mais