Maioria dos europeus continua a defender carros a gasolina ou a diesel

  • Redação Autoportal
Mazda CX-5
Mazda CX-5

Uma sondagem promovida pela Mazda atesta que a maioria dos europeus defende a manutenção dos carros com motor de combustão interna alimentados a gasolina ou a diesel independentemente das cada vez mais soluções elétricas no mercado.

Esta é uma conclusão do inquérito realizado para o Mazda Driver Project que questionou mais de 11 mil pessoas ao longo de vários mercados automóveis europeus, pois, “58 por cento” das pessoas declararam acreditar que “ainda há muita inovação e evolução por conseguir com os motores a diesel e a gasolina”.

No Reino Unido em concreto – onde há 55% de pessoas favoráveis aos motores de combustão – 29% dos inquiridos esperam a manutenção dos carros a diesel e 44% defendem a continuidade da gasolina. Com custos iguais entre combustão e eletricidade, são 36% os que optarão por gasolina ou diesel.

O inquérito realizado para a Mazda pela empresa de estudos de mercado Ipsos Mori chega quando a fabricante japonesa está a lançar a sua visão “Zoom-zoom 2030 Sustentável”, na combinação das melhores soluções entre motores de combustão e interna e as tecnologias de eletrificação, e da qual faz parte o novo motor SKYACTIV-X.

Comentários

Veja mais