Aston Martin Vulcan ainda mais extremo

  • Luís Neves
Aston Martin Vulcan AMR Pro
Aston Martin Vulcan AMR Pro

A Aston Martin decidiu aumentar (ainda mais) o poder de fogo do Vulcan através da introdução de um pacote de melhorias que estará disponível para os 24 atuais proprietários do superdesportivo desenvolvido exclusivamente para uma utilização em pista.

O AMR Pro consiste em melhoramentos a nível aerodinâmico, que permitem aumentar a força descendente (de 321 para 408 kg), e na introdução de relações de relações de caixa mais curtas, que melhoram a capacidade de aceleração do Vulcan.

Por fora, salta à vista a asa traseira de dois planos, as duas entradas de ar sobre as cavas das rodas ou as lâminas na lateral do nariz para que a dianteira se mantenha sempre agarrada ao solo. Foi ainda instalada uma nova cobertura do motor que permite poupar cerca de 5 quilos.

Sem alterações permanece o V12 atmosférico de 7 litros, colocado em posição central dianteira (entre o condutor e o eixo dianteiro), capaz de debitar 820cv (mais 70cv que o One-77) e 779 Nm de binário máximo.

Também o interior continua despido de tudo o que é supérfluo (e ainda bem), destacando-se o volante de competição, o visor multifunções e uma consola em fibra de carbono, a separar piloto do “navegador”.

A Aston Martin estima que cerca de um terço dos proprietários do Vulcan optarão por este pacote AMR Pro, que custará entre 115 e 170 mil euros. Os primeiros pacotes serão instalados a partir do outono.

Comentários

Veja mais