Novo Mégane R.S. Trophy reforça a gama Renault Sport

  • Redação Autoportal
Novo Renault Mégane R.S. Trophy

Dotado de melhores performances e mais temperamento desportivo, o novo Renault Mégane R.S. Trophy vem reforçar a gama Renault Sport, perpetuando assdim a linhagem das versões Trophy, desenvolvidas desde a primeira geração do Mégane R.S.

O novo Renault Mégane R.S. Trophy inaugura uma nova versão do motor 1.8L turbo, que debita 300 cavalos para um binário de 420 Nm, graças à utilização de tecnologias de vanguarda. Este motor pode ser combinado com uma caixa de velocidadesmanual ou EDC.

Dotado das mais recentes inovações tecnológicas da Renault Sport em matéria de ligações ao solo, como seja o sistema 4 Control de quatro rodas direcionais, que a baixa velocidade permite que as rodas traseiras virem no sentido oposto ao das rodas dianteiras, com um comportamento incisivo para oferecer uma direção mais direta e uma sensação de extraordinária agilidade, inédita num veículo de tração dianteira.

A alta velocidade, todas as rodas, dianteiras e traseiras, viram no mesmo sentido para obter um equilíbrio perfeito do trem traseiro e uma maior estabilidade.

Para além disso o novo Renault Mégane R.S. Trophy conta ainda com os amortecedores de batentes hidráulicos de compressão, e está equipado de série com o chassis Cup, que se distingue pelas suspensões com maior rigidez e um diferencial autoblocante mecânico Torsen. Esta versão é, também, enriquecida com travões de disco dianteiros bimatéria, jantes de 19’’ específicas e um jogo de pneus Bridgestone, que pode ser combinado com as novas jantes de liga leve exclusivas.

Para oferecer as sensações mais genuínas, o novo Renault Mégane R.S. Trophy pode ser equipado com uma nova geração de bancos dianteiros Recaro revestidos a alcântara.

Mesmo com um temperamento vincadamente desportivo, a versão Trophy continua a ser perfeitamente utilizável no dia a dia, explorando todas as tecnologias do Mégane R.S., nomeadamente:

O novo Renault Mégane R.S. Trophy estreia um motor 1.8 turbo de injeção direta que beneficia de uma evolução que lhe permite alcançar, pela primeira vez na gama R.S., a fasquia simbólica dos 300 cv (220 kW). O binário foi também aumentado, sendo agora de 420 Nm (+20 Nm) com caixa EDC e de 400 Nm com caixa manual.

A maior potência superior traduz-se em melhores acelerações, inclusive nos altos regimes, e o binário tem um papel determinante no prazer de estar ao volante deste Renault Mégane R.S. Trophy. Este aumento dos desempenhos respeita a nova norma antipoluição Euro6d-Temp, que entra em vigor a 1 de setembro de 2018.

Para compensar o forte aumento da contrapressão do escape, relacionado com a incorporação de um filtro de partículas, os engenheiros concentraram a sua atenção na eficácia do turbocompressor, recorrendo a uma tecnologia vinda diretamente da Fórmula 1.

A turbina, que roda a uma velocidade de aproximadamente 200 000 rpm, está agora montada num rolamento de esferas de cerâmica. Mais leve, mais resistente e mais lisa que o aço, a cerâmica contribui para limitar as fricções. Esta tecnologia permite dividir, por três, a fricção relativamente à tecnologia habitualmente aplicada (película de óleo). Daqui resulta uma redução do tempo de resposta do turbocompressor.

Tal como o Novo Mégane R.S., a versão Trophy está disponível com uma dupla oferta de caixas de seis velocidades: manual ou EDC com comando por patilhas ao volante. Com a caixa EDC, o binário máximo atinge 420 Nm, graças a uma cartografia específica.

De série, o novo Renault Mégane R.S. Trophy está equipado com discos de travões dianteiros bimatéria. Com uma redução de 1,8 kg por roda em termos de massas não suspensas, oferecem uma melhor dissipação do calor em utilização intensiva, para obter uma melhor resistência. Característica distintiva dos chassis Cup, os estribos Brembo estão pintados de vermelho.

Comentários

Veja mais