Dyno é o piloto de testes com mais quilómetros

  • Redação Autoportal
Dyno Akrapovic
Dyno Akrapovic

A busca por novos e melhores equipamentos para o desporto motorizado requerem quase sempre muitas horas de investigação e de testes.

A empresa eslovena, Akrapovic, fabricante de escapes para as motos de MotoGP, entre outras categorias, não foge à regra e para levar ao máximo os testes aos seus produtos conta com o Dyno, um robot que passa os dias a realizar quilómetros de testes controlados por computador em condições cuidadosamente verificadas, acelerando a fundo e a colocar mudanças na sua moto de forma a testar toda a capacidade dos escapes da Akrapovic.

Este Valentino Rossi da Akrapovic, conta com sensores que permitem monitorizar o desempenho do escape, a potência produzida, as temperaturas, a pressão e para além disso recapturar parte da energia produzida pela moto para alimentar a ventilação do Dyno e os sistemas de aquecimento. 

Este robot da Akrapovic pode simular condições reais de corrida e permite que um ciclo de trabalho seja configurado para se adequar ao uso típico de qualquer tipo de moto de competição e até simular circuitos específicos.

Todas as acções do Dyno são pré-programadas a partir de uma sala de controlo, o que significa que o testes podem ser repetidos com as mesmas características vezes sem fim o que nunca seria possível alcançar com o recurso a pilotos de carne e osso.

Apesar deste sistema ser claramente de última geração, Akrapovic já fez saber que não tem intenção de abandonar o seu programa de testes com pilotos reais, já que esta situação permite a um piloto obter a verdadeira sensação de utilização dos escapes da marca.

Comentários

Veja mais