Sucessor do Chiron será desenvolvido em 2019

Bugatti Chiron
Bugatti Chiron

A Bugatti tem o seu calendário definido e mostra que o presente é tempo de desfrutar do Chiron. Mas é dessa mesma forma que a casa francesa avança já uma data para nascer o sucessor do seu carro já recordista.

Chiron bate recorde 0-400-0 km/h nas mãos de Montoya

“O Chiron estará entre nós por bastante tempo. É suposto estar em venda durante seis anos – nesta altura temos uma lista de espera de quatro anos”, afirmou segundo escreve o «Road an Track» Wolfgang Durheimer, o CEO da Bugatti, no Salão de Frankfurt: “Vendemos agora o carro 300 de 500 e estamos a produzir 70 por ano. Não vamos aumentar esse volume.”

O sucessor tem dois anos para nascer e vai ser pensado a partir de 2018: “A questão qual é o próximo tem de ser respondida em 2019. O próximo ano é um ano de pré-desenvolvimento em que avaliaremos as diferentes ideias.”

Durheimer já tinha concedido que o próximo Bugatti poderá ser parcialmente eletrificado, mas revelou agora que “ainda não está decidido”. “Temos alternativas interessantes», afirmou o CEO entretanto garantindo rapidez e qualidade: «Os melhores materiais, a melhor tecnologia, o preço mais alto. Sem descontos.»

Comentários

Veja mais