Kia revelou a nova carrinha ProCeed

  • Redação Autoportal
ProCeed é a nova carrinha da Kia

A pensar no mercado Europeu a Kia revelou agora a sua nova carrinha, a ProCeed, uma 'shooting brake'  que vem complementar a oferta na gama Ceed e que promete atrair as atenções no próximo Salão Automóvel de Paris

Desenhado, desenvolvido e produzido na Europa, a Kia ProCeed apresenta 4,605 mm de comprimento e 1,422 mm de altura, ou seja, é 5 mm mais comprida e 43 mm mais baixa do que a Ceed Sportswagon. Já a distância entre eixos mantém-se igual à dos outros modelos Ceed uma vez que a ProCeed faz uso da mesma plataforma K2 de todos os modelos da família.

Como carro familiar a noca Kia ProCeed apresenta uma capacidade de 594 litros da bagageira e os seis bancos traseiros podem ser rebatíveis a 40:20:40.

A traseira do ProCeed é o que o diferencia esta 'shootinh brake' dos restantes modelos da linha Ceed, inspirados no layout do Proceed Concept 2017. 

Combinado com a sua altura mais baixa, o novo pára-choques traseiro largo confere ao ProCeed uma postura assertiva e desportiva, com escape de duas pontas para os modelos GT e GT Line, aumentando o seu sentido de dinamismo. O nome ProCeed aparece escrito em letras maiúsculas no centro da porta da bagageira, sob os faróis traseiros de LED que abrangem a largura da porta da bagageira - dando ao carro uma assinatura única e leve. 

Em matéria de motorizações esta nova carrinha vai contar com três blocos na versão GT-Line. 1.0 litros T-GDI de 120 CV, 1.4 litros T-GDI de 140 CV e o novo 1.6 litros CRDi Smartstream Diesel de 136 CV. Todos estes motores estão associados a uma caixa manual de seis velocidades ou caixa automática de dupla embraiagem de sete velocidades.

O Kia ProCeed vai ainda contar com uma versão GT que vai contar com um motor de 1.6 litros T-GDi , o mesmo do novo Ceed GT, que debita uma potência de 204 CV e binário de 265 Nm, associado a uma caixa automática de dupla embraiagem de sete velocidades com patilhas de metal no volante.

A produção do novo ProCeed arranca no mês de novembro na fábrica de Žilina, na Eslováquia, e a sua chegada ao mercado vai acontecer no primeiro trimestre de 2019.

Comentários

Veja mais