Kia entra no mercados dos mini Suv's

Novo Kia Stonic

A Kia prepara uma entrada em força num dos segmentos mais competitivos do mercado automóvel europeu. A marca sul-coreana vai atacar o mundo dos SUV's compactos com o modelo Stonic (Speedy + Tonic) que tem chegada a Portugal programada em novembro. 

O novo membro da família Kia estará disponível com duas motorizações: gasolina e turbodiesel. 
A gama começa no bloco tricilíndrico 1.0 T-GDI, turbo gasolina com injeção direta de 120 cv, e 1.2 litros gasolina atmosférico de 85 cv.  Fora do campo da gasolina, o Stonic estará disponível com versão 1.6 turbodiesel de 110 cv, com tração dianteira.

O Stonic conta com Controlo Eletrónico da Estabilidade (ESC) e Gestão da Estabilidade do Veículo (VSM) de série, assim como a vetorização do binário por travagem, estabilidade em linha reta e controlo de travagem em curva. 

Em Portugal, o Kia Stonic custará entre os 17 e os 19 mil euros (gasolina) e 23 e 24 mil euros (turbodiesel).

Aposta na personalização

Cada vez mais focada na escolha dos clientes, a Kia permite escolher até 20 combinações de duas cores, com cinco opções de cor específicas só para o tejadilho. A filosofia expande-se até ao interior do Stonic cujo habitáculo proporciona o mesmo potencial de personalização graças a uma vasta gama de pacotes de cores. 

No campo da tecnologia/conforto, o Stonic promete não desiludir. Disponibiliza bancos dianteiros aquecidos, cruise control automático, sistema de entrada sem chave vários sistemas de assistência ao condutor.  O infoentretenimento equipado de série com Apple CarPlay e Android Auto, asseguram uma utilização fácil das funções do smartphone através do sistema de infotainment com ecrã tátil.

A segurança não é esquecida. O Stonic apresenta tecnologia de travagem automática de emergência anti-colisão frontal com reconhecimento de peões, sensor de ângulo morto com alerta de tráfego traseiro e o aviso de saída da faixa de rodagem. 

Pronto para a concorrência

Os números não enganam: 1,1 milhões das vendas anuais de automóveis novos na Europa (7% do mercado) têm origem no segmento B, ou seja, SUV's e minicrossovers. As previsões da Kia são otimistas. Sendo que até 2020, o número de vendas chegue aos 2 milhões, a marca sul coreana espera vender 70 mil unidades do Stonic até finais de 2018. 

Comentários

Veja mais