Donald Trump apoia boicote à Harley-Davidson

  • Redação Autoportal
Harley Davidson
Harley Davidson

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, revelou no domingo que apoia o boicote proposto por alguns utilizadores norte americanos à Harley-Davidson, caso a empresa venha a manter a decisão de transferir parte da sua produção de motos para a União Europeia.

A decisão da Harley surge de forma a evitar as tarifas impostas pela União Europeia, aos produtos norte-americanos, depois das tarifas sobre o aço e alumínio implementadas pelos EUA.

A fabricante de motos de Wisconsin acredita que a tarifa de 25% sobre as importações de certos produtos norte-americanos, incluindo motas de grande cilindrada, traduzir-se-à num custo adicional de 2.200 dólares por cada mota exportada dos Estados Unidos para a União Europeia, que a empresa não quer reflectir no preço final a pagar pelo consumidor.

Em resposta o presidente Trump veio agora criticar a Harley-Davidson, pedindo impostos mais altos e ameaçando atrair fabricantes estrangeiros para os Estados Unidos para aumentar a concorrência.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais