Novo Renault ZOE chega em setembro e já tem preços

  • Redação Autoportal
Renault Zoe R110
Renault Zoe R110

Num automóvel elétrico, mais potência e melhores acelerações não têm de ser sinónimo de menos autonomia. O novo Renault ZOE R110 confirma-o. Equipado com um novo motor, entre 18% a 22% mais potente do que as versões até agora comercializadas, o ZOE R110 proporciona ainda mais prazer de condução e mantém a fasquia dos 300 quilómetros de autonomia real (homologação WLTP).

O Renault ZOE surpreende pelas diferentes versões com que se apresenta no mercado: tanto pode ser adquirido com baterias incluídas ou em regime de aluguer com garantia vitalícia; apresenta-se com três níveis de equipamento que podem incluir os estofos em couro e um sistema de som Bose; mas também está disponível com três motores distintos, com potências entre os 88 e os 108 cavalos. No fundo, diferentes propostas que se adaptam a distintas necessidades e estilos de vida, mas com todas a terem em comum um elevado sentido prático e uns imbatíveis custos de utilização.

Acelerações e recuperações ainda mais surpreendentes

A mais recente novidade da gama é o Renault ZOE R110, equipado com o novo motor R110. Com 80 kW (108 cavalos) de potência e 225 Nm de binário, este novo bloco tem exatamente as mesmas dimensões e massa do predecessor R90. No entanto, graças aos 12 kW de potência e 5 Nm de binário adicionais, é mais rápido nas acelerações, como confirmam os números: 0-50 km/h em 3,9 segundos (4,1s R90), 0-80 km/h em 7,6 segundos (8,6s R90), 0-100 km/h em 11,4 segundos (13,2s R90).

Já em matéria de recuperações, o Renault ZOE R110 é substancialmente mais rápido do que a versão equipada com o motor R90: como exemplo, os menos dois segundos que precisa para subir dos 80 aos 120 km/h.

 Autonomia real de 300 quilómetros

Com um bloco desenvolvido em apenas dois anos, que beneficia de um conjunto de inovações no módulo elétrico e na eletrónica de potência, para também manter a já reconhecida eficiência energética do motor R90. Os 300 quilómetros de autonomia real são disso exemplo, sendo de referir que este valor já foi obtido segundo o protocolo WLTP.

Outra das novidades do Renault ZOE R110 é o facto do sistema R-LINK EVOLUTION com que vem equipado ser compatível com o Android Auto. Uma estreia, que permite projetar no ecrã multimédia de sete polegadas, aplicações de smartphone Android compatíveis com a condução, como o Waze, Deezer, Spotify, TuneIn, Skype, Messenger, Audible e centenas de outras disponíveis no Google Play Store.

Tempos de carregamento reduzidos

Nos postos de carregamento rápido de 43kW (64A) ou acelerado 22kW (32A), o novo Renault ZOE R110 precisa de 100 minutos para carregar as baterias desde zero até aos 80 por cento de carga (240 quilómetros de autonomia).

O Renault ZOE R110, que chega ao mercado no inicio do próximo mês de setembro, pode ser adquirido a partir de 17.170€ associado a um contrato de aluguer e serviços relacionados com as baterias. Se a opção recair na compra do novo Renault ZOE R110 com as baterias incluídas, o preço começa nos 28.830€. Em qualquer dos casos é oferecida a Wallbox de 7,4kW para instalação doméstica.

O Renault ZOE R110 beneficia, tal como os restantes modelos da gama Renault, da garantia contratual de cinco anos / 100.000 km. Na modalidade de aquisição da bateria, a mesma tem uma garantia de 8 anos (para uma capacidade de armazenagem superior a 60%). No caso da modalidade de aluguer da bateria, as condições contratuais (troca da bateria assegurada pela marca em caso de mau funcionamento ou se a capacidade de armazenagem descer abaixo dos 75 %) fazem com que na prática a garantia seja vitalícia.

Comentários

Veja mais