Lexus RC200t. Sim, é turbo. E não, não é híbrido

Lexus RC200t
Lexus RC200t

Podia ser só estilo (coisa que não lhe falta). Mas o Lexus RC 200t tem algo mais. Tem um motor 2 litros turbo com 245cv, tração traseira e uma caixa automática de 8 velocidades. Sim, leu bem. Este Lexus não é híbrido. É destinado a todos aqueles que pretendem algo mais. Mais potência, mais sensações. E depois, claro, o estilo.

Lufada de ar fresco num segmento dominado pelos alemães, o RC distingue-se desde logo pelo desenho, agressivo e sedutor, capaz de arrancar atenções mesmo perante os mais distraídos. Este é, de resto, um daqueles modelos que não passa despercebido. O interior segue a mesma tónica, com materiais de excelente qualidade e montagem rigorosíssima em todos os níveis, mesmo que a distribuição de comandos pareça algo confusa. Uma questão de adaptação.

Exemplos disso são os locais dos comandos de abertura da bagageira e do capô (do lado esquerdo do volante, ligeiramente abaixo deste) ou o travão de parque com ativação por pedal. Na consola central, ao lado da alavanca da caixa de velocidades aparece o seletor de modos de condução com quatro modos de funcionamento: Eco, Normal, sport e Sport+, além de botões para desligar o controlo de tração e um modo Neve para condições de aderência mais precárias.

lexus_9Se à frente não existem razões de queixa, os passageiros que viajam atrás não poderão dizer o mesmo, pois o formato coupé traz sempre alguns compromissos que vão além do facto de, neste caso, ter apenas duas portas.

O RC200t conta com um motor a gasolina de 2.0 litros, “apimentado” com um turbo de dupla entrada. Oferece 350 Nm e 245 cv potência, e revela-se particularmente energético entre as 3000 e as 6000 rpm.

O peso de 1800 kg, no entanto, impede-o de chegar aos 100 km/h demasiado depressa (leva 7,5s a consegui-lo), mas compensa isso com uma experiência de condução envolvente, para o que contribui um chassis muito bem afinado, assim como a suspensão. Em perfeita combinação com tudo isto encontra-se a tração traseira (certamente do agrado dos mais puristas) ou a caixa de oito velocidades com patilhas no volante.

lexus_12Para emoções mais fortes, basta selecionar o modo Sport S+, que altera a resposta da caixa, direção elétrica e acelerador. O motor anuncia uma velocidade máxima de 230 km/h e um consumo médio de 7,3 l/100 km, algo difícil de conseguir alcançar. Em condições normais é de esperar valores próximos dos 10 litros.

O equipamento de série completo inclui cruise control adaptativo, limitador de velocidade, alerta de transposição da faixa de rodagem e as habituais entradas USB e AUX. A regulação elétrica dos bancos também faz parte da lista, tal como o seu revestimento em pele. E é preciso ainda referir a navegação, o alerta de pressão de pneus, as luzes LED e os sensores de estacionamento. A nível estético, traz uma grelha única e jantes específicas de liga leve de 19 polegadas.

O RC 200t FSport está disponível em Portugal a partir de 60.100 euros. O preço a pagar pela distinção que poucos carros como o RC 200t conseguem oferecer.

Comentários

Veja mais