Peugeot festeja 125 anos de carros vitoriosos nas provas

  • Redação Autoportal
  • 15 jun 2020, 20:36

Marca francesa venceu a primeira corrida de que há registo, em 1895

A Peugeot está a celebrar 125 anos de uma herança no desporto motorizado assinalando a vitória na corrida Paris-Bordéus- Paris de 1895. A épica prova realizada entre 11 e 14 de junho daquele ano – a primeira corrida de que há registo – foi ganha por um Peugeot Type 7.

Com o regresso marcado às provas de Resistência para 2022, a Peugeot recorda a sua história de sucesso no desporto automóvel com uma cronologia cheia de vitórias internacionais em diferentes especialidades.

PUB

1895: o Peugeot Type 7 de 1.3 litros com 3.7 cv conduzido por Paul Koechlin vence a Paris-Bordeus-Paris. Tendo chegado em terceiro lugar, Kochelin foi declarado vencedor por violação dos regulamentos por parte dos dois primeiros a cortara meta. O francês completou a corrida fazendo 1.178 km em 59 horas e 48 minutos;

1912-19: a Peugeot torna-se três vezes vencedora da Indy 500. O francês Jules Goux foi o primeiro piloto fora dos EUA a ganhar a prova, em 1912, com a velocidade média de 75.933 mph (122.2023 km/h), e repetiu os triunfos em 1916 e 1919;

PUB

Década de 1960: a marca francesa regista quatro vitórias no Rali Safári com o Peugeot 404 (1963, 1966, 1967 e 1968);

Década de 1970: nesta época é o Peugeot 504 a ditar a sua lei comas vitórias no Rali Safári (1975 e 1978), Rali da Costa do Marfim (1975, 1976 e 1978) e Rali de Marrocos (1975 e 1976);

Década de 1980: foi o tempo do icónico Peugeot 205 T16 que fez história no Grupo B. Com Timo Salonen, em 1985, a marca francesa obteve os títulos de Pilotos e de Construtores no Mundial de Ralis; em 1986, foi a vez de o fazer com Juha Kankkunen. De 1987 a 1990 foram quatro vitórias seguidas no Rali Dakar: as duas primeiras com o 205 T16 por Ari Vatanen e Kankkunen a as outras duas também com Vatanen no Peugeot 405 T16.

PUB

1992: a marca francesa consegue a primeira vitória nas 24 Horas de Le Mans, com o Peugeot 905 de 3,5 litros V10 com Derek Warwick, Yannick Dalmas e Mark Blundell;

Década de 2000: o regresso ao WRC foi feito no Peugeot 206 WRC com os dois títulos de Marcus Gronholm em 2000 e 2002 e os três de construtores (2000-02). Em 2007, o Peugeot 908 HDi FAP de 5,5 litros V12 biturbo diesel venceu a Le Mans Series; em 2009, o mesmo carro fez a dobradinha nas 24 Horas de Le Mans; de 2007 a 2009 o Peugeot 207 S200 venceu três vezes o Intercontinental Rally Challenge;

PUB

2010-11: o 908 HDi FAP venceu a Intercontinental Le Mans Cup nesses dois anos e no primeiro deles a Le Mans Series;

2013: o Peugeot 208 T16 com 875 cv e 875 kg bateu o recorde de Pikes Peak na Classe Unlimited em mais de um minute e meio com Sebastien Loeb a fazer o tempo de 8m13.878s;

2015: o Peugeot 208 WRX ganha o título de Construtores de Rally Cross;

2016-18: três vitórias seguidas no Dakar, com Stéphane Peterhansel no Peugeot 2008 DKR e, depois, com o Peugeot 3008 DKR de 3,0 litros biturbo V6 diesel com 360 cv e 800 Nm, nos dois primeiros anos e com Carlos Sainz no último.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Peugeot 308 ganha novos argumentos

Do famoso 504 ao novo 208 deste ano: Peugeot vai no sexto Carro do Ano

Porsche celebra 50 anos da primeira vitória em Le Mans

Renault Clio comemora 30 anos com mais de 15 milhões de unidades vendidas

Conheça a história com mais de cinco décadas do Porsche 911 Targa

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS