Efeméride: há 60 anos, a Maserati criava o 5000 GT para o Xá da Pérsia

  • Redação Autoportal
Este é o Maserati 'Xá da Pérsia'
Coupé 2+2 foi feito a partir de uma encomenda especial do antigo sobrerano do Irão

Há 60 anos, em 1959, nascia o Maserati 5000 GT, um coupé 2+2 que foi criado pelo pedido específico do então Xá da Pérsia, Reza Pahlavi.

Entusiasta dos carros desportivos, o Xá da Pérsia testou o Maserati 3500 GT em 1958 e, satisfeito com o ensaio, encomendou um modelo, mas com a exigência de mais performance.

A encomenda obrigou a redesenhar totalmente o modelo e o projeto AM103 não foi apenas uma evolução, mas um carro novo com o motor V8 do 450S de competição da década de 1950 aumentando a cilindrada para quase 5.000 cm3.

O Maserati 5000 GT com a marca da Carrozzeria Touring nasceu em 1959 e o coupé 2+2 foi apresentado no Salºao de Turim desse ano. Nomeado ‘Xá da Pérsia’, esta edição especial só teve três unidades.

Um ano depois, o 5000 GT chegou ao Salão de Genebra com algumas revisões no motor e com vários fabricantes de carroçarias a deixarem nele também a sua assinatura, como Pininfarina, Ghia ou Bertone.

E a exclusividade do modelo manteve-se não obstante estas nuances sendo produzidos no total apenas 34 Maserati 5000 GT que tiveram donos como o príncipe Karim Aga Khan, o líder da Fiat Gianni Agnelli ou o ator norte-americano Stewart Granger.

  • TEMAS:
  • Maserati

  • 5000 gt

  • Xa da persia

Veja mais