Antigo piloto do MotoGP Miguel Duhamel foi alvejado na cabeça quando pedalava

  • Redação Autoportal
Miguel Duhamel (Associated Press - Ama Pro Racing)
Miguel Duhamel (Associated Press - Ama Pro Racing)
Canadiano ficou ferido na cabeça devido ao impacto do projétil

O antigo piloto de MotoGP Miguel Duhamel foi alvejado na cabeça com o que parece ter sido um chumbo disparado de uma arma de pressão de ar.

O antigo piloto canadiano, de 52 anos, estava a andar de bicicleta numa estrada na zona de Las Vegas, nos EUA, como faz todas as semanas, quando foi atingido por um projétil na cabeça.

Às vezes, os ciclistas são atingidos por pequenas pedras projetadas pelos carros que passam, mas, desta vez, foi diferente, como Duhamel contou à reportagem da «Fox5 Las vegas».

“Um carro passou por mim, como muitos fazem, mas este passou e ouvi um tiro. Ouvi como um estampido no ar, foi um ‘Pow’. Senti imediatamente a cabeça alvejada e pensei ‘o que é isto?’ Por um minuto pensei que não fosse nada, mas quando vi o sangue a escorrer, sabia que havia algo, por isso, parei.”

O projétil foi amortecido pelo capacete de Duhamel, mas ainda passou pelas aberturas e atravessou o gorro provocando-lhe uma ferida na cabeça que ainda era visível na altura da reportagem.

“Continuo a tocar na ferida, não sei se algum pedaço penetrou na cabeça, ou não”, contou o antigo piloto sobre um incidente sob investigação das autoridades e para o qual ele não encontra explicação: “Dá-me cabo da cabeça – quase literalmente – como fizeram uma coisa destas e espero que apanhem estes tipos.” “Eles precisam de pagar um preço e aprender. Ninguém, nem eles nem ninguém, pode fazer aquilo”, reforçou o canadiano.

Miguel Duhamel correu no Motociclismo entre os anos de 1992 e 2007 tendo passado pela categoria rainha nas épocas de 1992 com a Yamaha (ainda na antiga classe de 500 cc) e de 2007 com a Honda.

  • TEMAS:
  • Miguel Duhamel

  • Tiro

  • Alvejamento

Veja mais