PUB

Tudo o que deve saber sobre as novas matrículas para 2020

  • Redação Autoportal
Nova Matricula (IMT)
Nova Matricula (IMT)
Novo modelo das chapas de matrícula está na estrada desde março

As novas matriculas para os veículos automóveis estrearam-se no dia 2 de março trazendo consigo uma série de novidades em relação ao formato anterior. Desde logo, as novas chapas de matrícula para 2020 trazem uma nova combinação entre letras e algarismos.

Mas há mais novidades a ter em conta, até porque os veículos matriculados em data anterior àquela podem trocar as chapas para o novo modelo, mas têm de ter em conta as especificações do formato das novas matrículas para 2020 em diante.

O novo modelo com quatro letras e dois algarismos prevê o registo de 28 milhões de novas matrículas passando a integrar as letras «K», «Y» e «W», que já fazem parte do alfabeto português.

Desde a primeira matrícula registada a 1 de janeiro de 1937 que o modelo compreende a inclusão de quatro algarismos e duas letras, em grupos de dois e separados por traços. Em dezembro de 2018, quando se apontava a introdução do novo modelo em 2019, também ainda se considerava a separação dos grupos de caracteres por traços. Mas os traços, agora, desaparecem.

Em janeiro deste ano, ficou a saber-se que não só os espaços a separar os grupos de caracteres desapareciam, como também deixariam de fazer parte das novas matrículas o mês e o ano da primeira matrícula dos veículos (incluídos também aqui os motociclos).

Conheça as novas matrículas para 2020 em detalhe

As novas matrículas para 2020 chegaram finalmente em março com a primeira chapa do novo modelo a ser atribuída pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) a um veículo elétrico no dia 2 desse mês.

O modelo das novas matrículas automóveis é agora composto por uma barra vertical do lado esquerdo, um grupo de duas letras, um grupo de dois algarismos e outro grupo de duas letras.

A barra vertical do lado esquerdo em fundo azul retorrefletor tem inscrito no topo o símbolo da União Europeia e em baixo o P de Portugal – nas respetivas cores amarelo e branco (retrorrefletores).

Os grupos de carateres – em preto sobre fundo branco – já não têm traços a separá-los, mas devem respeitar uma colocação centrada tanto vertical como horizontalmente e têm medidas específicas quanto au seu espaçamento.

Nas novas matrículas, os caracteres do mesmo grupo (por exemplo, AA) devem ter um espaço entre si de 10 mm; e entre os três grupos de caracteres (AA 00 AA) o espaço deve ser de 20 mm.

Os veículos com matrículas anteriores a 2 de março continuam com o seu modelo perfeitamente válido, mas têm a possibilidade de trocar pelo novo formato. Quem decidir trocar para o modelo das novas matrículas para 2020 tem de fazê-lo com uma chapa cumprindo estas medidas.

  • TEMAS:
  • Novas matriculas

  • Novas matriculas 2020

  • Novas matriculas automoveis

Veja mais