Rali de Marrocos: Paulo Gonçalves é segundo na geral

Paulo Gonçalves
Paulo Gonçalves
Segunda etapa teve de ser interrompida por causa das chuvas fortes

Paulo Gonçalves (Honda) ascendeu ao segundo lugar na geral do Rali de Marrocos, depois de ter terminado o CP1 da segunda etapa da prova em 10.º lugar, a 6m39s de Adrien van Beveren (Yamaha), ficando a 6m46s de Matthias Walkner (KTM), que passou a liderar a prova.

Esta segunda etapa do Rali de Marrocos foi interrompida no final do CP1 devido às condições climatéricas adversas. A chuva forte que se abateu sobre a região acabou por encher os rios e torná-los completamente intransponíveis, obrigando a organização a interromper a prova ao fim dos primeiros 180 kms dos 364,5 previstos.

“Foi uma etapa muito difícil e com alguns problemas. Ao quilómetro 45 tínhamos de cruzar um rio e tive grandes dificuldades. Depois uma pedra rompeu-me o escape e fui obrigado a parar para arranjá-lo. Quando voltei a andar consegui entrar num bom ritmo para o final da prova mas acabei por cair e aleijar a mão direita", comentou Paulo Gonçalves, no final da etapa. "Depois quando já estava ao quilometro 170 a organização mandou parar a prova porque era muito difícil continuar", prosseguiu.

A prova prossegue este domingo, com a terceira e última etapa da derradeira jornada do Campeonato do Mundo de Cross Country, que será a mais longa do rali, entre Erfoud e o Erg Lihhoudi. Nesta etapa, os pilotos vão ter de cumprir dois sectores selectivos, um primeiro de 435,11 quilómetros e um segundo no total de 142,79 quilómetros.

  • TEMAS:
  • Rali de Marrocos

  • Paulo Gonçalves

  • Ralis

Veja mais