Dakar: Sunderland vence etapa depois de ajudar Paulo Gonçalves

Sam Sunderland (Reuters)
Sam Sunderland (Reuters)
Piloto português sofreu uma queda a meio da especial que o obrigou a ser transportado de helicóptero

Paulo Gonçalves foi o grande azarado da quinta etapa do Dakar que ligou Moquegua Tacna a Arequipa, no Peru, segunda parte da etapa maratona, num total de 776 quilómetros, 345 dos quais de especial.

O piloto português da Honda sofreu uma queda violenta ao quilómetro 173 da especial que resultou num pequeno traumatismo craniano e na suspeita da fratura da mão esquerda, acabando por levar Paulo Gonçalves a desistir pela quinta vez na sua carreira no Dakar.

Um revês para a equipa da Honda nesta edição do Dakar, num dia em que Sam Sunderland (KTM) foi o vencedor da etapa ao realizar a especial em 4h11m48s, depois da organização ter devolvido ao piloto da KTM o tempo que perdeu junto de Paulo Gonçalves, para apoiar o piloto português depois da queda a meio da etapa.

Desta forma Sam Sunderland relegou para a segunda posição, Xavier de Soultrait (Yamaha) que terminou a 3m23s do piloto britânico e na frente do vencedor do Dakar 2018, Matthias Walkner (KTM) que foi o terceiro a 3m32s do vencedor da etapa.

Já o líder das motos no Dakar, Ricky Brabec (Honda), acabou a tirada desta sexta-feira na 10.ª posição, enquanto Sam Sunderland (KTM) é agora segunda a 59s do piloto norte-americano, e Pablo Quintanilla (Husqvarna), que perdeu muito tempo no final da especial, desceu à terceira posição a 2m52s do líder da prova.

Entre os português, Joaquim Rodrigues (Hero) foi o melhor piloto luso ao terminar na 18.ª posição a 10m25s do vencedor, enquanto António Maio (Yamaha) foi o segundo melhor português na 27.ª posição a 15m20 de Sam. 

Já Mário Patrão (KTM) foi hoje o terceiro melhor português na 29.ª posição a 19m18s do vencedor.

Classificação (provisória) da 5.ª etapa do Dakar (motos):

1. Sam Sunderland (KTM), 4h11m48s

2. Xavier Soultrait (Yamaha), 3m23s

3. Matthias Walkner (KTM), +3m32s

4. Lorenzo Santonilo (Sherco), + 4m00s

5. Adrien Van Beveren (Yamaha), +4m26s

 (...)

18. Joaquim Rodrigues (Hero), +13m48s

(...)

27. António Maio (Yamaha), +14m43s

(...)

29. Mário Patrão (KTM), +22m41s

(...)

34. Sebastian Buhler (KTM), +44m56s

(...)

43. Fausto Mota (Husqvarna), +1h03m58s

Classificação geral (provisória) do Dakar (motos):

1. Ricky Brabec (Honda), 16h51m34s

2. Sam Sunderland (KTM), +59s

3. Pablo Quintanilla (Husqvarna), +2m52s

4. Toby Price (KTM), +3m21s

5. Matthias Walkner (KTM), +6m17s

(...)

21. Mário Patrão (KTM), +1h52m45s

(...)

28. Joaquim Rodrigues (Speedbrain), +2h37m53s

(...)

30. António Maio (Yamaha), +3h02m32s

(...)

33. Sebastian Buhler (KTM), +3h24m22s

(...)

49. Fausto Mota (Husqvarna), +6h41m44s

Sábado a caravana do Dakar 2019 vai aproveitar para retemperam forças no dia de descanso, antes de enfrentar as últimas etapas da prova deste ano.

Em actualização...

VEJA TAMBÉM:

  • TEMAS:
  • Dakar 2019

  • Xavier Soultrait

  • Paulo Gonçalves

Veja mais