F1: Max Verstappen pode ser penalizado no GP da Rússia

  • Redação Autoportal
Max Verstappen (Lusa)
Max Verstappen (Lusa)

O chefe da equipa da Red Bull Racing, Christian Horner, confirmou agora que o mais provável é que Max Verstappen venha a ser penalizado pela troca de motor no próximo GP da Rússia que terá lugar em Sochi no final do mês.

Max Verstappen terminou o GP de Singapura na segunda posição, mas ao longo de todo o fim de semana de Marina Bay apresentou queixas do motor do seu Red Bull e durante a entrada em pista do Safety car chegou a referir que pensou que a corrida iria terminar mais cedo. “ Nessa altura pensei algumas vezes que o motor iria morrer. O mesmo se passou quando entrei nas boxes para trocar de pneus e o motor voltou a engasgar-se”.

Um problema de software levou a constantes falhas no motor Renault do Red Bull e Christian Horner lembrou que a equipa estava consciente do problema com o motor de Verstappen. “Pensamos que valia a pena correr o risco. Estávamos bem conscientes disso e acho que apostamos bem tendo em conta o segundo lugar alcançado na corrida. No entanto para o GP da Rússia é muito provável que tenhamos de instalar um novo motor o que pode obrigar Verstappen ter de sair da última linha da grelha”, acrescentou Horner.

Comentários

Veja mais