Fernando Alonso: “A penalização no GP do Japão mostra o que está mal na F1”

  • Redação Autoportal
Fernando Alonso (Lusa)
Fernando Alonso (Lusa)

Fernando Alonso sofreu uma penalização de cinco segundos no GP do Japão, depois de na sequência de um toque com Lance Stroll na chicane no início da corrida e ter rodado por fora da pista e ganho vantagem.

Esta foi a quinta penalização do espanhol da McLaren que já veio deixar claro que este tipo de penalizações revela o “mau estado em que se encontra a Fórmula 1”.

Os comissários consideraram Stroll culpado pelo incidente e aplicaram-lhe igualmente uma penalização de cinco segundos. “É difícil perceber a decisão, mas sabem, isso mostra como os comissários são maus nas decisões que tomam. Estamos a travar do lado de fora na última curva, e um piloto que não me viu obrigou-me a sair da pista e depois ainda recebo uma penalização por isso”, sublinhou Fernando Alonso

O bicampeão, que vai deixar a Fórmula 1 no final da temporada não culpou Stroll pelo incidente. “Ele não me viu. Se ele me visse e empurrasse para a relva era uma coisa, mas foi apenas uma situação infeliz durante a corrida. A penalização não muda muito, porque, ao invés de terminar no 14.º, talvez terminasse em 12.º, mas é assim que é a Fórmula 1”, acrescentou Alonso.

Comentários

Veja mais