GP do Brasil: Vettel multado mas não perde 2.º lugar na grelha

  • Redação Autoportal
Sebastian Vettel (Reuters)
Sebastian Vettel (Reuters)

A Direção de Corrida da Fórmula 1 reconheceu este sábado que o piloto alemão da Ferrari cometeu uma irregularidade, por não ter desligado o motor na pesagem e não ter agido corretamente, mas não vai perder o segundo lugar na grelha de partida para a corrida de domingo.

Sebastian Vettel foi chamado pelos comissários para a habitual pesagem, mas não gostou da demora do procedimento, pois estava com pressa para regressar às boxes devido à ameaça de chuva. Além de ter gesticulado contra os comissários e não desligou  o motor do seu monolugar na altura solicitada, o que acabou por danificar o equipamento da Federação Internacional do Automóvel (FIA).

O procedimento comum é que os pilotos desligarem o motos, já que isso proporciona resultados mais precisos na pesagem. Além disso, os carros devem ser empurrados para fora da balança para evitar qualquer dano.

“O piloto parou na garagem da FIA e acabou por desligar o motor, ainda que não na altura esperada num procedimento normal”, lê-se no comunicado da FIA.

Os comissários admitiram que Vettel cometeu uma infração, mas que foi possível fazer uma pesagem precisa do carro do alemão. Assim, o piloto recebeu uma advertência e uma multa de 25 mil Euros.

Vettel utilizou depois o MGU-K do seu monolugar para reiniciar o motor e sair da zona da pesagem, algo que os comissários consideraram “não ser o procedimento normal, já que pode danificar as balanças, o que acabou mesmo por acontecer”.

Apesar de ninguém se ter magoado, os comissários entenderam que Vettel provocou uma “situação potencialmente perigosa” e não cumpriu com as instruções dos elementos da FIA presentes no local.

Recorde-se que no final da Qualificação Vettel referiu que não era justo ser chamado à pesagem naquela altura."Acho injusto alguém ser chamado [à pesagem] quando as condições atmosféricas estão a mudar", criticou o antigo campeão.

Comentários

Veja mais